Pular para o conteúdo

O que é dieta hipocalórica: Como fazer e para que serve?

Aprenda o que é dieta hipocalórica, veja para que serve, como deve ser feita, quais os cuidados e recomendações, preparados por nossos especialistas da Blog Vale Saúde. Conheça mais e saiba as melhores dicas!

O que é dieta hipocalórica

A dieta hipocalórica é um tipo de dieta que visa reduzir a ingestão de calorias. O objetivo dessa dieta é a perda de peso e a manutenção da saúde. A dieta hipocalórica, é considerada uma dieta saudável, pois é baseada em alimentos ricos em nutrientes e fibras, que auxiliam no funcionamento do metabolismo e na saciedade. Além disso, a dieta hipocalórica também pode ajudar a prevenir doenças crônicas, como obesidade, hipertensão e diabetes.

A dieta hipocalórica é dividida em três fases: a fase de indução, a fase de perda de peso e a fase de manutenção. Cada uma dessas fases tem duração de duas semanas.

A fase de indução é a fase mais restritiva, onde é permitido ingerir apenas alimentos com baixo teor de carboidratos.

Já na fase de perda de peso, é permitido aumentar a ingestão de carboidratos e alimentos ricos em fibras.

Por fim, na fase de manutenção, o objetivo é manter o peso alcançado, sendo permitido ingerir todos os tipos de alimentos.

Dieta hipocalórica
O que é dieta hipocalórica. Foto: Pexels

Origem

A dieta hipocalórica é um tipo de dieta que surgiu nos Estados Unidos, nos anos 70. Essa dieta se popularizou por ser uma dieta saudável e eficaz para a perda de peso. A dieta hipocalórica é baseada em alimentos ricos em nutrientes e fibras, que auxiliam no funcionamento do metabolismo e na saciedade.

Como funciona?

A dieta hipocalórica funciona através da ingestão de alimentos ricos em nutrientes e fibras, que auxiliam no funcionamento do metabolismo e na saciedade. Além disso, a dieta hipocalórica também pode ajudar a prevenir doenças crônicas, como obesidade, hipertensão e diabetes.

Veja ainda: Dieta Cetogênica!

Como fazer a dieta hipocalórica

Para seguir a dieta hipocalórica, é importante saber qual é o seu objetivo com essa dieta. Se o seu objetivo for a perda de peso, é importante que você siga as orientações da fase de perda de peso. Já se o seu objetivo for a manutenção do peso, é importante que você siga as orientações da fase de manutenção.

Além disso, é importante que você consulte um médico ou nutricionista para saber qual é a melhor forma de seguir a dieta hipocalórica. É importante que você saiba qual é o seu objetivo com essa dieta e qual o melhor tipo de alimentação para você. Além disso, é importante que você saiba qual é o seu nível de atividade física e qual o seu estado de saúde.

O que é dieta hipocalórica
Dieta hipocalórica. Foto: Pexels

O que é dieta hipocalórica: Alimentos permitidos

Os alimentos permitidos na dieta hipocalórica são os alimentos ricos em nutrientes e fibras, que auxiliam no funcionamento do metabolismo e na saciedade. Além disso, a dieta hipocalórica também permite a ingestão de alimentos ricos em gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, que são consideradas gorduras boas para a saúde. Outros alimentos permitidos na dieta hipocalórica são os alimentos ricos em proteínas, como carnes magras, peixes, ovos e legumes.

Os alimentos permitidos na dieta hipocalórica também são os alimentos que não contêm carboidratos simples, como açúcares e farinhas refinadas. Além disso, os alimentos permitidos na dieta hipocalórica também são os alimentos que não contêm gorduras saturadas, como manteiga, queijo e nata. Outros alimentos permitidos na dieta hipocalórica são os alimentos ricos em ômega 3, como oleaginosas e peixes.

Alimentos proibidos

Os alimentos proibidos na dieta hipocalórica são aqueles que contêm carboidratos simples, como açúcares e farinhas refinadas. Além disso, os alimentos proibidos na dieta hipocalórica também são aqueles que contêm gorduras saturadas, como manteiga, queijo e nata. Outros alimentos proibidos na dieta hipocalórica são os alimentos ricos em ômega 6, como carnes vermelhas e enchidos.

Os alimentos proibidos na dieta hipocalórica também são aqueles que contêm glúten, como pães, massas e bolachas. Além disso, os alimentos proibidos na dieta hipocalórica também são aqueles que contêm lactose, como leite e derivados. Outros alimentos proibidos na dieta hipocalórica são os alimentos ricos em sódio, como salgadinhos e embutidos.

Salada com frutas
Salada. Foto: Pixabay

Dicas de atividades físicas

As atividades físicas recomendadas para quem segue a dieta hipocalórica são as atividades aeróbicas, como caminhada, corrida e natação. Além disso, é importante que você faça pelo menos 30 minutos de atividades físicas por dia. Outra dica é escolher atividades físicas que você gosta e que te motivem a seguir a dieta.

As atividades físicas também são importantes para quem deseja perder peso, pois elas auxiliam no metabolismo e na queima de calorias. Além disso, também são importantes para quem deseja manter o peso, pois elas auxiliam na manutenção da massa muscular.

Por que fazer uma dieta hipocalórica?

Uma dieta hipocalórica, como o próprio nome sugere, é um plano alimentar com um número reduzido de calorias. Essa redução calórica cria um déficit calórico, que significa que você está consumindo menos calorias do que o seu corpo precisa para funcionar.

Em consequência desse déficit, o corpo busca fontes alternativas de energia, e é aí que a gordura corporal entra em cena. Ela é “queimada” para suprir essa demanda, resultando na perda de peso. Essa é a principal razão pela qual as pessoas aderem à dieta hipocalórica: emagrecer de forma saudável e sustentável.

Mas os benefícios vão além da estética! Diversos estudos comprovam que uma dieta hipocalórica bem elaborada pode trazer diversos benefícios para a saúde, como:

  • Redução do colesterol e da pressão arterial: Diminuindo o risco de doenças cardiovasculares, como infartos e AVCs.
  • Controle da glicemia: Prevenindo e retardando o desenvolvimento de diabetes tipo 2.
  • Diminuição do risco de alguns tipos de câncer: Principalmente os relacionados à obesidade, como o de mama, cólon e endométrio.
  • Melhora da qualidade do sono: Favorecendo um descanso mais reparador e combatendo a insônia.
  • Aumento da disposição e da energia: Permitindo que você realize suas atividades diárias com mais vigor.
  • Melhora do humor e da autoestima: Contribuindo para o bem-estar mental e emocional.

É importante lembrar que a dieta hipocalórica deve ser feita sob orientação de um nutricionista. O profissional irá avaliar suas necessidades individuais e elaborar um plano alimentar personalizado, garantindo que você receba todos os nutrientes que seu corpo precisa para funcionar de forma adequada.

O que é Dieta? Conheça mais!

Benefícios

Os benefícios da dieta hipocalórica são:

  • Auxilia na perda de peso;
  • Auxilia na manutenção do peso;
  • Auxilia no funcionamento do metabolismo;
  • Auxilia na saciedade;
  • Ajuda a prevenir doenças crônicas, como obesidade, hipertensão e diabetes.

Além disso, a dieta hipocalórica também pode ser seguida por vegetarianos e veganos. Para os vegetarianos, é importante escolher alimentos ricos em proteínas vegetais, como feijão, lentilha e grão-de-bico. Já para os veganos, é importante escolher alimentos ricos em proteínas vegetais, como tofu, quinoa e amaranto.

Ovos cozidos sobre pão com abacate
Ovos cozidos sobre o pão. Foto: Pexels

Malefícios

Os malefícios da dieta hipocalórica são:

  • Fadiga;
  • Mau humor;
  • Dores de cabeça;
  • Insônia;
  • Constipação;
  • Diarreia;
  • Desidratação;
  • Fraqueza.

O que é dieta hipocalórica: Cuidados necessários

Os cuidados necessários para quem deseja seguir a dieta hipocalórica são:

  • Consultar um médico ou nutricionista para saber se a dieta é indicada para você;
  • Saber qual é o seu objetivo com essa dieta;
  • Saber qual o melhor tipo de alimentação para você;
  • Saber qual é o seu nível de atividade física;
  • Saber qual o seu estado de saúde.

Além disso, é importante que você consulte um médico ou nutricionista para saber qual é a melhor forma de seguir a dieta, já que ela pode variar de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Saiba como funciona a Dieta Branda!

É preciso consultar um médico ou nutricionista?

É sempre recomendado que você consulte um médico ou nutricionista antes de iniciar qualquer dieta. Isto é importante para que você saiba se a dieta é indicada para você e para que possa obter orientações sobre como ela deve ser feita.

Além disso, é importante que você consulte um médico ou nutricionista para saber qual é a melhor forma de seguir a dieta, já que ela pode variar de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Alimentos saudáveis para dieta hipocalórica
Alimentos saudáveis. Foto: Pixabay

Curiosidades

A dieta hipocalórica é uma dieta que tem como objetivo reduzir a ingestão de calorias. Ela pode ser feita de diversas formas, como por exemplo, diminuindo o consumo de alimentos ricos em calorias, como gorduras e açúcares, ou aumentando o consumo de alimentos ricos em fibras e proteínas.

A dieta hipocalórica também pode ser feita por meio da redução do tamanho das porções dos alimentos. Além disso, é importante lembrar que a dieta deve ser feita de forma equilibrada, com alimentos que sejam saudáveis e nutritivos, e não somente com alimentos que tem poucas calorias.

Quer mais?

Se você aprendeu o que é dieta hipocalórica e quer conhecer mais sobre dicas, cuidados e recomendações, visite nosso site oficial da Blog Vale Saúde e veja os melhores conteúdos, para ajudar você a ter uma vida mais saudável!

https://www.youtube.com/watch?v=E3POlrQ27E8

Perguntas Frequentes

O que é dieta hipocalórica?

Uma dieta hipocalórica é uma dieta que contém menos calorias do que o seu corpo precisa.

Qual é a diferença entre dieta hipocalórica e dieta hipercalórica?

Uma dieta hipocalórica é uma dieta com poucas calorias, enquanto uma dieta hipercalórica é uma dieta com muitas calorias.

Por que é importante seguir uma dieta hipocalórica?

É importante seguir uma dieta hipocalórica porque isso pode ajudar a perder peso e melhorar a saúde.

Quais são os alimentos permitidos em uma dieta hipocalórica?

Alimentos permitidos em uma dieta hipocalórica incluem frutas, vegetais, carnes magras, grãos integrais e laticínios com pouca gordura.

Existem alguns riscos associados à dieta hipocalórica?

Riscos associados à dieta hipocalórica incluem fadiga, fraqueza, dores de cabeça e constipação.

Avalie esse artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Afiliado